Links de Acesso

Estado Islâmico reivindica atentado no Texas


Khalid Hamideh, à direita, líder da comunidade muçulmana no Texas

Khalid Hamideh, à direita, líder da comunidade muçulmana no Texas

A organização terrorista Estado Islâmico reivindicou hoje, 5, o ataque de Domingo no Texas, contra um concurso de caricaturas de Maomé. Os dois atiradores foram mortos pela polícia.

"Dois soldados do califado atacaram uma exposição de caricaturas contra o profeta em Garland, no Texas, na América", afirmaram os terroristas, citados pelo jornal Le Figaro. O autoproclamado Estado Islâmico afirma controlar um califado, forma de liderança islâmica, no Iraque e na Síria.

Os dois atacantes abriram fogo contra o centro cultural Culwell Centre Curtis, na cidade de Garland, no Texas, onde decorria um evento organizado pela American Freedom Defense Initiative (AFDI): um concurso de caricaturas do profeta Maomé.

XS
SM
MD
LG