Links de Acesso

Estado Islâmico reivindica atentados em Paris

  • Redacção VOA

Paris em estado de alerta

Paris em estado de alerta

Extremistas islâmicos avisam que próximos alvos são Washington, Londres e Roma.

O grupo Estado Islâmico reivindicou a autoridade dos atentados desta sexta-feira, 13, em Paris, de acordo com o portal “Site” que monioriza as activistas dos extremistas islâmicos.

"Vingar a Síria", é a frase usada pelos extremistas para classificar a acção que, até ao fim desta sexta-feira, provocou 140 mortos em Paris e arredores e colocou a França em alerta.

O jornal português Expresso diz que a directora daquele portal, Rita Katz, revela que a revista do Daesh, intitulada “Dabiq”, escreveu esta noite frases como: a França “envia os ataques aéreos para a Síria diariamente”, que “matam crianças e idosos”.

E ameaça: “Hoje vocês estão a beber do mesmo cálice”.

No Twitter há simpatizantes do grupo terrorista “celebrando” os atentados ataques. “Isto é só o começo … Aguardem até os istishhadis [suicidas] chegarem com seus carros”. Ou “Recordem, recordem esta data, como os americanos não esquecem o 11 de setembro”.

Os extermistas, segundo várias fontes, avisaram que os próximos ataques serao em Washington, Londres e Roma.

O Presidente francês François Holande já declarou estado de emergencia na França e os atentados receberam a condenação dos principais líderes mundiais.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG