Links de Acesso

Grupo Estado Islâmico reivindica ataque a discoteca em Orlando


Vigilia em Orlando (K. Gypson/VOA)

Vigilia em Orlando (K. Gypson/VOA)

O grupo Estado Islâmico reivindica a responsabilidade pelo ataque a tiros que deixou, pelo menos, menos 50 mortos num clube gay em Orlando, na Flórida.

A reivindicação foi feita hoje, 13, em transmissão oficial na rádio Albayan.

"Um dos soldados do califado na América realizou uma invasão de segurança onde conseguiu entrar num encontro cruzado numa casa nocturna para homossexuais em Orlando, Flórida... onde ele matou e feriu mais de uma centena antes de ser morto", informou o grupo na transmissão citada pela Reuters.

Confira o nosso storify com as reacções dos media americanos ao ataque

Error rendering storify.

XS
SM
MD
LG