Links de Acesso

Estado Islâmico exige 200 milhões de dólares para não executar dois reféns japoneses


Vídeo dos dois japoneses raptados pelo Estado Islâmico exibido num grande ecrã numa loja em Tóquio

Vídeo dos dois japoneses raptados pelo Estado Islâmico exibido num grande ecrã numa loja em Tóquio

O grupo jihadista Estado Islâmico ameaçou nesta Terça-feira, 20, executar dois reféns japoneses caso o Japão não pague um resgate de 200 milhões de dólares, segundo um vídeo divulgado pelos extremistas.

Os sequestrados, identificados como Haruna Yukawa e Kenji Goto Jogo, aparecem ajoelhados e vestidos com um macacão laranja que já é frequente nos vídeos do Estado Islâmico, enquanto as ameaças são efectuadas por um combatente, que dá um prazo de 72 horas ao Governo japonês para responder à sua reivindicação.

O combatente acusou Tóquio de ter doado 200 milhões de dólares para combater o Estado Islâmico em referência ao anúncio feito pelo primeiro-ministro japonês há três dias no Cairo.

XS
SM
MD
LG