Links de Acesso

Especialistas defendem planificação para enfrentar cheias

  • William Mapote

Cheias em Maputo a 5 de Janeiro. Moçambique

Cheias em Maputo a 5 de Janeiro. Moçambique

Engenheiros, arquitectos e hidrologistas defendem uma melhor
planificação governamental em matérias de prevenção, por forma a
acabar, em definitivo, com as mortes e destruições cíclicas que o país
anualmente regista por causa das cheias.

É que nos últimos 15 anos, mais de mil pessoas perderam avida um pouco por todo o país, vítimas das cheias, que afectam anualmente, quase sempre as mesmas regiões.

Por isso, especialistas que lidam com o sector de obras públicas,
dizem ser hora de dizer basta.

Para eles é preciso que haja mais criatividade, ousadia e uma agenda séria para travar os efeitos das próximas cheias, que, devido aos efeitos das mudancas climaticas, podem ainda ser mais devastadores.

Recorde-se que neste ano mais de uma centena de pessoas perderam a vida no centro e norte do país levadas pelas águas que também destruíram
infraestruturas com valor ainda incalculável.

XS
SM
MD
LG