Links de Acesso

Espanha e Marrocos prendem sete acusados de recrutar mulheres para o Estado Islâmico


Estado Islâmico Síria (imagem de arquivo)

Estado Islâmico Síria (imagem de arquivo)

As polícias da Espanha e do Marrocos prenderam sete pessoas numa operação conjunta contra supostas tentativas de recrutar mulheres para levar ao Iraque e à Síria a fim de apoiar insurgentes do Estado Islâmico, disse hoje, 16, o Ministério do Interior espanhol.

Quatro mulheres e um homem foram presos em Barcelona e nos enclaves espanhóis no norte da África de Ceuta e Melilla, e dois homens foram presos na cidade marroquina de Fnideq, perto de Ceuta, como parte da operação, disso o ministério em comunicado.

As sete pessoas foram acusadas de formar uma rede para encontrar, recrutar e enviar mulheres para a Síria e para o Iraque em nome do Estado Islâmico.

A Espanha está entre diversos países europeus que lutam para combater a radicalização de jovens cidadãos muçulmanos e evitar que eles se tornem jihadistas na Síria e no Iraque, temendo que possam voltar para casa e tramar ataques por lá.

XS
SM
MD
LG