Links de Acesso

Erupção pode mudar completamente a Chã das Caldeiras, diz investigador cabo-verdiano

  • Alvaro Ludgero Andrade

Imagem de satélite do Vulcão do Pico, Fogo (Saidy Andrade)

Imagem de satélite do Vulcão do Pico, Fogo (Saidy Andrade)

Fausto do Rosário pergunta por que não se deu atenção ao aviso do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica sobre uma eventual erupção.

Chã das Caldeiras, no sopé do Vulcão do Pico, no Fogo, e uma das mais férteis do país, pode sofrer uma profunda transformação devido à erupção que ocorre desde o dia 23 naquela ilha cabo-verdiana.

Em entrevista à VOA, o investigador e Curador da cidade de São Filipe, a mais importante da ilha do Fogo, Fausto do Rosário, fala sobre a situação em Chã das Caldeiras, os temores de a erupção continuar no ritmo actual, analisa a excelente resposta dada pelas autoridades, pergunta por que não se fez nada quando o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica avisou que havia risco de movimentos eruptivos e desfaz o mito de que as erupções acontecem a cada 45/50 anos.

Fausto do Rosário investigador e Curador da cidade de São Filipe, ilha do Fogo, Cabo Verde. Nov. 2014

Fausto do Rosário investigador e Curador da cidade de São Filipe, ilha do Fogo, Cabo Verde. Nov. 2014

Fausto do Rosário, que descreve ainda o sentimento dos foguenses ao abandonarem as suas casas e propriedades, começou por falar da realidade actual em Chã das Caldeiras.

Acompanhe:

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG