Links de Acesso

Época das chuvas: Banco Mundial apoia preparação de Moçambique

  • Eduardo Ferro

Cheias em Moçambique (Foto SAPO)

Cheias em Moçambique (Foto SAPO)

Inundações em Janeiro e Fevereiro resultaram na perda de 113 vidas emais de 170 mil pessoas tiveram de ser evacuadas.

O Banco Mundial vai desembolsar 32 milhões de dólares para a reabilitação de infra-estruturas hídricas e de protecção contra as cheias na bacia do Rio Limpopo, sul de Moçambique.

Para nos dar mais pormenores sobre este apoio falamos com o responsável do Banco Mundial em Maputo, Rafael Saute.
O crédito será concedido através da Agência Internacional de Desenvolvimento e inclui o financiamento de obras de reabilitação de diques destruídos pelas cheias que assolaram a bacia do Limpopo.

O apoio ao reforço de medidas de protecção da Barragem de Macarretane, situada na bacia do Limpopo, também faz parte das acções que serão financiadas pela referida verba.

Inundações extremas em Janeiro e Fevereiro resultaram na perda de 113 vidas e mais de 170 mil pessoas tiveram de ser evacuadas fazendo deste o pior desastre natural a assolar Moçambique desde as cheias de 2000.

A região do Limpopo é uma das mais fustigadas pelas inundações em Moçambique pelo facto de se localizar a jusante do Rio Limpopo, que tem a sua nascente na vizinha África do Sul.
XS
SM
MD
LG