Links de Acesso

Encontrado jornalista brasileiro desaparecido na Líbia

  • Cristiane Vieira

Andrei Netto, jornalista brasileiro

Andrei Netto, jornalista brasileiro

Andrei Netto esteve detido pelas forças leais a Kadhafi

O jornalista brasileiro Andrei Netto, enviado especial do jornal O Estado de São Paulo à Líbia, foi detido, e depois libertado, pelas forças de segurança de Muammar Kadhafi. Segundo informações do Estadão, o jornalista não contactava a sua redacção há dois dias.

Há três semanas na Líbia, Andrei Netto estaria em companhia do repórter do jornal britânico The Guardian, Guaith Abdul-Ahad, quando ambos foram presos pelas forças de segurança de Kadhafi, na região de Zawiya, no oeste do país.

O local é cenário de violentos confrontos entre Kadhafi e os rebeldes e fica a 30 quilômetros da capital Trípoli. O editor do caderno Internacional do Estadão, Roberto Lameirinhas, diz que há mais de uma semana perdeu o contato com o jornalista.

“As informações que nos têm chegado por meio de diplomatas e do Itamaraty são de que ele estaria bem. Mas nós não conversamos ainda com ele. Não temos essa informacao”, declarou à VOA, horas antes de o repórter ter sido entregue à embaixada brasileira em Tripoli.

O Estadão informou que o jornalista retornará a Paris, onde trabalha como correspondente do jornal desde 2006, assim que as condições de segurança permitirem. Roberto Lameirinhas lamentou o desrespeito à liberdade de imprensa e a forma como os jornalistas estão sendo tratados na Líbia.

XS
SM
MD
LG