Links de Acesso

Empresário angolano Riquinho condenado a quatro anos de prisão


O empresário e promotor de eventos encontra-se detido desde Novembro

O empresário e promotor de eventos Henrique Miguel, Riquinho, foi condenado a quatro anos de prisão efectiva pelo Tribunal Provincial de Luanda.

Conhecido como um dos mais notáveis promotores de espectáculos e festas de Angola encontra-se detido desde Novembro do ano passado, na Cadeia Central de Viana sob acusação de abuso de confiança.

De acordo com informações vinculadas por diversos órgãos de comunicação, o também director do jornal Continente foi acusado, de entre outras pessoas, pelo seu sócio Walter Daniel.

Daniel acusou o proprietário da Casablanca de se ter apoderado de 650 mil dólares que lhe pertenciam, após a venda dos 20 por cento (dos 51 por cento) das acções que possuía no semanário Continente.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG