Links de Acesso

Embaixadora de Angola desmente jornal cabo verdeano

  • Redacção VOA

De acordo com "A Verdade' a diplomata acusara o primeiro-ministro cabo-verdeano de impedir o aprofundamento das relações bilaterais

Cidade da Praia - A embaixadora de Angola na República de Cabo Verde desmentiu categoricamente que alguma vez tivesse dito que o primeiro-ministro José Maria Neves “não deixa avançar a cooperação mista Cabo Verde/Angola”.

O desmentido de Josefa Cruz foi tornado público num comunicado de imprensa emitido, após ter sido chamada pelo Ministério das Relações Exteriores de Cabo Verde na sequencia de uma notícia que dava conta em a embaixadora alegadamente tinha afirmado que o chefe do Governo cabo verdeano travava a relação mista entre os dois países.

«Não havendo uma visita do primeiro-ministro, não há como assinar e actualizar os projectos»", escreveu o semanário, citando a diplomata angolana.

O jornal A Verdade foi acusado de deturpar as palavras da embaixadora

O ministério das Relações exteriores de Cabo Verde disse que Josefa Cruz foi chamada Sexta-feira devido ás suas declarações ao jornal.

"Na sequência do artigo publicado no jornal A Semana desta Sexta-feira, o Ministério das Relações Exteriores convocou Josefa Guilherme Coelho da Cruz, Embaixadora da Republica de Angola em Cabo Verde", afirmava-se numa declaração do ministério.

Apos o encontro o ministério minimizou o incidente reiterando “a excelência das relações existentes entre Cabo Verde e Angola”, alegando que tem-se caracterizado pela concertação permanente e regulador entre os respectivos chefes da diplomacia.

O comunicado do governo garante que as duas partes vêm trabalhando uma abrangente agenda em prol da cooperação política, económica e empresarial, que passa por encontros ao mais alto nível de dirigentes e da concretização de projectos estruturantes para ambos os países.
XS
SM
MD
LG