Links de Acesso

Embaixador de Portugal minimiza importância de cimeira com Angola


Angola Luanda

Angola Luanda

A cimeira para definir uma parceria especial entre Portugal e Angola foi suspensa pelo presidente de Angola José Eduardo dos Santos.

As relações entre Portugal e Angola não estão em risco nem dependem da cimeira entre os dois governos prevista inicialmente para o próximo mês de Fevereiro, segundo o embaixador de Lisboa em Luanda

João da Câmara fez esta afirmação aos jornalistas hoje em Luanda à saída de uma visita de cortesia que realizou ao ministro angolano das Relações Exteriores Georges Chicoty.


No passado dia 15 de Outubro, o Presidente José Eduardo dos Santos revelou perante os deputados angolanos, a suspensão da anunciada parceria estratégica com Portugal, alegando não estarem reunidas condições para tal.

O pronunciamento de Santos fundamentava-se nas fugas a segredo de justiça sobre inquéritos judiciais em Portugal a familiares seus e a altos quadros da administração angolana.

Nove dias depois, foi Georges Chikoti, em declarações à Televisão Pública de Angola que anunciou que Luanda tinha deixado de considerar prioritária a cooperação com Portugal e, quanto à anunciada primeira cimeira luso-angolana, disse não ter "muita certeza" sobre a sua realização.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG