Links de Acesso

Embaixador angolano em Maputo tem confiança na LAM

  • Francisco Júnior

 Isaías Jaime Vilinga , embaixador de Angola em Moçambique

Isaías Jaime Vilinga , embaixador de Angola em Moçambique

O diplomata angolano afirma que viaja muitas vezes e sempre nos aviões das Linhas Aéreas de Moçambique.

O embaixador de Angola em Maputo, afirmou à VOA que confia nas Linhas Áreas de Moçambique e que vai continuar a voar nos aviões das LAM.
Para Isaías Jaime Vilinga, o recente acidente do avião Embraer 190 foi uma fatalidade que não pode pôr em causa o profissionalismo e desempenho da companhia aérea moçambicana.

Angola tem uma embaixada em Maputo e, apesar do acidente envolvendo a aeronave das Linhas Aéreas de Moçambique, continuam a chegar pedidos de moçambicanos, e não só, querendo visto que lhes permita viajar da capital moçambicana para Luanda.

Estas são garantias dadas pelo embaixador de Angola na capital moçambicana, Isaías Jaime Vilinga.
As Linhas Aéreas de Moçambique têm três voos semanais na rota Maputo-Luanda-Maputo.

E, não obstante o despenhamento do avião das LAM, as pessoas, em Moçambique, continuam a viajar, utilizando os aparelhos quer da companhia aérea moçambicana como outros, de estrangeiras, que voam para território nacional.

As viagens continuam, para vários destinos, e a confiança também.
O diplomata angolano afirma que viaja muitas vezes e sempre nos aviões das Linhas Aéreas de Moçambique.

O embaixador angolano em Maputo diz mais. Diz Isaías Jaime Vilinga que, se Moçambique precisar de ajuda, seja ela qual for, Angola estará sempre disponível a apoiar o país irmão.

O Embraer 190 das Linhas Aéreas de Moçambique, que caiu no passado dia 29 de Novembro, em território namibiano, saia de Maputo e tinha como destino Luanda.
Todos os 6 tripulantes e 27 passageiros do voo TM470 morreram.
Entre as vítimas, havia 9 angolanos.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG