Links de Acesso

Embaixador angolano na CPLP acusa imprensa portuguesa de "alarmismo" com crise do petróleo


O embaixador angolano na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Luís de Almeida acusou hoje, 25, a imprensa portuguesa de "alarmismo" em relação à crise do petróleo em Angola, e apelou para se evitar que haja "retornados económicos".

"Pedimos que os nossos amigos portugueses, sobretudo a imprensa, deixem de dar este alarmismo à situação que se vive em Angola", disse durante um encontro da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA).

Luís de Almeida assegurou que a crise do petróleo em Angola é "uma situação superável". Almeida garantiu que o Governo vai ultrapassar essa situação que é difícil, mas que não é insuperável".

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG