Links de Acesso

Em Malanje carros matam mais do que malária

  • Isaías Soares

Cerca de 22 pessoas morrem em acidentes de viação todos os meses nesta provincia angolana.

Os acidentes de viação em Malanje provocaram mais mortes em 2014 do que a malária, anunciou a directora provincial de Saúde Lazina Vera Cruz Mfute.

A malária é tida como a doença que mais mortes causa no país, mas em Malanje tem-se assistido a uma grande queda no número de mortes causadas pela doença.

Só até ao final de Novembro, tinham morrido em acidentes de viação 243 pessoas, enquanto o ano passado o número foi de 103, disse aquela médica.

O número total de acidentes aumentou também consideravelmente de 1.444 casos em 2013, para 4.734 este ano.

Por outro lado, as autoridades sanitárias registaram 82.287 casos de malária contra 125.413 em 2013, o que representa uma redução superior a 50 por cento.

Cento e uma pessoas morreram em 2014 e no ano passado 134 com uma diminuição de 33 mortes, segundo os dados tornados públicos até ao passado dia 24.

A promoção da saúde e assistência médica medicamentosa conheceram melhorias com a contratação de 30 médicos cubanos, assim como a realização de 24 feiras de saúde, disse aquela responsável.

Directora provincial de saúde Lazina Vera Cruz

Directora provincial de saúde Lazina Vera Cruz

“Conseguimos levar valências como oftalmologia, estomatologia e outras especialidades”, disse, justificando que “estes eventos contribuíram bastante porque conseguimos verificar que cada vez mais as doenças crónicas não transmissíveis começam a ganhar um espaço maior e há toda uma necessidade de cada vez mais apostarmos naquilo que é e deve ser a educação, a promoção de hábitos saudáveis ao nível da nossa população”, concluiu a directora provincial de Saúde Lazina Vera Cruz Mfute.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG