Links de Acesso

Elogiada figura e obra de arcebispo de Malanje

  • Isaías Soares

Personalidades e organizações de todos os quadrantes elogiaram a obra e figura do arcebispo emérito da Arquidiocese de Malanje Dom Luís Maria Perez de Onraita que faleceu Sexta-feira última, 3, na clínica Girassol em Luanda, aos 82 anos de idade.

Dom Luís maria foi recordado como um homem simples que iniciou muitas obras em prol dos mais desfavorecidos em Malanje.

O sexto bispo da Diocese nasceu a 11 Abril de 1933, na cidade de Vitória, no Reino de Espanha. A 11 de Agosto de 1957 chegou a Angola como missionário e foi colocado no município de Calandula, província de Malanje, onde fundou a missão local e a paróquia Nossa Senhora de Fátima.

O chanceler da Arquidiocese desta circunscrição, Padre Pedro Luís referiu que o desaparecimento físico do prelado apanhou de surpresa a família católica e deixa um vazio no meio dos obreiros.

“Para mim foi um momento muito consternador, Dom Luís Maria para mim era uma pessoa muito simples, alguém muito próximo das pessoas, sobretudo próximo das pessoas mais necessitadas, mais carentes, próximo dos pobres”, lembrou o sacerdote, acrescentado “que a nível da Arquidiocese em Malanje fez muitas obras em favor dos desfavorecidos”.

O arcebispo de Malanje, Dom Benedito Roberto reconheceu quão foram gratificante as obras "do servo de Deus".

“Ele era de uma simplicidade fantástica quase, não digo diariamente, mas muitas vezes aparecia aqui”, questionando “o que temos agora a fazer, quais são os programas que, porventura, chegaram, provenientes da Ceast, do governo", recordou.

“Havia uma relação muito de irmãos no ministério e foi assim que nós vivemos”, acrescentou.

Os restos mortais de Dom Luís Maria chegam a Malanje na Terça-feira, 7 de Abril, onde ficará em câmara ardente até Quinta-feira data do seu sepultamento no cemitério Municipal desta cidade, depois de ser homenageado na Paróquia Nossa senhora das Graças da Precol, no bairro do Rangel, onde foi pároco e igualmente director espiritual do Seminário Maior de Luanda e de Noviciados de Religiosos.

Dom Luis Maria foi nomeado Bispo coadjutor de Malanje, desde 1995 e ordenado Bispo em Março de 1996. Em 1998 tomou posse como bispo diocesano, substituindo no cargo Dom Eugénio Salessu.

Aos 12 de Abril de 2012 foi nomeado primeiro Arcebispo Metropolitano da Província Eclesiástica de Malanje, congregando as Igrejas sufragâneas as Dioceses de Uíge e Ndalatando.

O governador de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos, numa carta endereçada à Arquidiocese local, à família e à Ceast, escreveu que o prelado “foi um homem de muitas iniciativas e deixa um enorme vazio, mas o seu legado de conciliador vai continuar”.

Por seu turno, o Comité Provincial do MPLA refere na sua missiva “que o malogrado respondendo ao chamado de Deus exerceu com brio o seu sacerdócio na província de Malanje durante muitos anos, quer nos momentos mais difíceis como em tempo de paz, mostrou-se sempre num verdadeiro pastor ao lado das ovelhas a sua forma simples e a sua elevada fé transformaram-no numa pessoa de referência e amada”.

XS
SM
MD
LG