Links de Acesso

Eleições Cabo Verde: UCID quer constituir grupo parlamentar

  • Eugénio Teixeira

Carlos Semedo, candidato da UCID em Santiago Norte

Carlos Semedo, candidato da UCID em Santiago Norte

Democratas-cristãos pretendem crescer para serem mais relevantes.

26 Jan 2011 - A União Cabo-Verdiana Independente e Democrática, UCID, concorre às eleições de 6 de Fevereiro em 10 círculos eleitorais, sendo oito no País e os restantes dois, nos círculos da emigração.

Definiu como meta, alargar o número de deputados no Parlamento para que possa ter um grupo parlamentar, pois só assim o partido se destaracá e terá mais influência na vida política do país.

António Monteiro presidente dos Democratas Cristãos fala da necessidade de se melhorar a situação da segurança e desenvolvimento económico. O desemprego é outro dos males que afectam que a sociedade cabo-verdiana, particularmente a juventude.

Monteiro recordou que o Governo falhou a meta que propôs de reduzir o desemprego para um dígito e apontou como o caminho que deve ser seguido, a aposta no sector privado. "Para reduzir o desemprego é necessário apostar na economia privada de forma a que os privados possam gerar riqueza e assim criar postos de trabalho", afirmou o dirigente da UCID.

Referindo-se à Educação, o presidente da UCID considera importante que se invista na qualidade do ensino, introduzindo o francês e o inglês já no nível básico.

Para os alunos que frequentam o ensino superior e que experimentam dificuldades económicas, António Monteiro quer ver o Estado como avalista desses mesmos alunos para que possam ter acesso ao crédito bancário.

Para o sector da Saúde, a UCID defende uma melhor qualificação dos quadros, ao mesmo tempo que advoga a construção de hospitais de referência nos principais centros urbanos.

A regionalização do país também consta no programa eleitoral da União Cabo-verdiana Independente e Democrática.

No que se refere à energia, António Monteiro, assenta a visão do seu partido, para resolver problemas do sector, no investimento. "É necessário investir na rede de distribuição de energia, investir na capacitação de quadros e investir na capacitação dos técnicos cabo-verdianos do sector para termos massa cinzenta que nos ajude a resolver os problemas" energéticos quando eles aparecem.

Nos círculos em que concorre, a UCID já está a entabular contactos com eleitores a quem está a explicar as virtudes do seu programa eleitoral para as legislativas de 6 de Fevereiro, na qual pretende alcançar maior de numero de deputados, afim de ter uma bancada parlamentar.

A UCID que na última legislatura, elegeu dois deputados no círculo eleitoral de S. Vicente, precisa de eleger mais de cinco para atingir a meta traçada.

XS
SM
MD
LG