Links de Acesso

Eleições adiadas no Burundi


Foto de Arquivo

Foto de Arquivo

Oposição e sociedade civil boicotaram reunião da Comissão Eleitoral que considera ilegal.

O Presidente do Burundi Pierre Nkurunziza adiou a realização das eleições legislativas para 26 de Junho e das eleições presidencias para 15 de Julho, cedendo assim ao pedido da comunidade internacional.

As duas eleições estavam previstas para 4 e 26 de Junho, respetivamente.

O anúncio foi feito pelo presidente da Comissão Eleitoral Independente, Pierre-Claver Ndayicariye, no final de um encontro boicotado pela oposição e pela sociedade civil.

A oposição política do país, através de um dos seus líderes, Charles Nditije, afirmou que a Comissão Eleitoral perdeu a legitimidade, depois da demissão e fuga do país de cinco comissários.

A mesma fonte reiterou que sem aqueles elementos as decisões do órgão são juridicamente nulas.

Há dois meses que existem protestos quase diários na capital do país contra uma terceira candidatura à Presidência do atual chefe de Estado, Pierre Nkurunziza, no poder desde 2005, e que já deu origem a uma tentativa de golpe de Estado.

XS
SM
MD
LG