Links de Acesso

Eleição de SG da ONU: Angola e mais três países pedem esclarecimentos à Bulgária

  • Redacção VOA

António Guterres lidera as votações

António Guterres lidera as votações

Em causa a apresentação de uma segunda candidata quando o processo de escolha do homem forte da ONU vai a meio.

Os governos de Angola, Rússia, Malásia e Uruguai pediram à Bulgária que diga quem é a “única e exclusiva candidata” do país ao cargo de secretário-geral das Nações Unidas.

O pedido surgiu depois de o Governo búlgaro ter indicado a comissária europeia do Orçamento, Kristalina Georgieva, como a sua candidata ao cargo, no momento em que o processo vai na quinta votação.

O embaixador da Nova Zelândia junto das Nações Unidas, Gerard van Bohemen, que desempenha este mês a função de presidente do Conselho de Segurança, disse que “as pessoas querem apenas clarificar se temos uma candidata ou duas”.

Bohemem limitou-se a afirmar que “temos uma candidata com o apoio oficial do Governo búlgaro e outra que permanece na corrida”.

Georgieva substitui a chefe da Agência das Nações Unidas para a Cultura, Educação e Ciência (UNESCO), Irina Bokova, que não conseguiu recolher um apoio forte nas votações já realizadas.

Entretanto, Bokova garantiu que vai permanecer na corrida.

A escolha do futuro secretário-geral das Nações Unidos começou há algum tempo com 11 candidatos e depois de cinco votações, o antigo primeiro-ministro português lidera a corrida, tendo sido o mais votado em todos os actos.

A próxima votação, em que os membros permanentes do Conselho de Segurança podem exercer o seu direito de voto, será na quarta-feira, 5 de Outubro.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG