Links de Acesso

Egipto: Aniversário de levantamento popular marcado por violência

  • Redacção VOA

Manifestantes anti-militares .

Manifestantes anti-militares .

No Egipto as cerimónias do terceiro aniversário do levantamento popular que derrubou Hosni Mubarak ficaram assinaladas por violência.

Fontes governamentais indicaram que pelo menos cinco pessoas foram mortas em protestos antigovernamentais, que ocorreram quando milhares de pessoas se juntaram na Praça Tahrir em apoio do governo actual.

A polícia lançou várias granadas de gás lacrimogéneo no Cairo, para dispersar algumas centenas de manifestantes islamitas, mas também movimentos liberais que gritavam palavras de ordem contra o poder liderado pelo exército.

Apoiantes do presidente islamita Mohamed Morsi, deposto pelo exército a 03 Julho, convocaram um protesto pacífico para assinalar o terceiro aniversário da revolta popular que derrubou do poder Hosni Mubarak em 2011.

Uma bomba explodiu no exterior da Academia da Policia no Cairo antes das manifestações.

O incidente registou-se um dia apos seis polícias terem sido mortos numa serie de explosões que assolaram o Cairo.
XS
SM
MD
LG