Links de Acesso

Egipto: Tribunal revoga sentença de morte do ex-presidente Morsi


Mohammed Morsi durante o julgamento em 2014.

Mohammed Morsi durante o julgamento em 2014.

O Tribunal de Recurso do Egipto revogou, hoje, 15,-feira uma sentença de morte contra o presidente deposto Mohammed Morsi, da Irmandade Muçulmana, e ordenou um novo julgamento.

Morsi foi condenado à morte em junho de 2015 em conexão com uma prisão em massa durante a revolta do Egipto em 2011.

Morsi, o primeiro presidente a ser eleito democraticamente após a revolução, foi derrubado em meados de 2013 pelo general Abdul Fattah al-Sisi, que se tornou presidente, após protestos contra o seu governo.

A decisão do tribunal significa que ele não está mais sob ameaça de execução, mas continua a cumprir três longas sentenças de prisão.

Condenado a 20 anos de prisão por acusações do assassinato de manifestantes em dezembro de 2012, Morsi tem outra pena de 40 anos sob acusação de espionar para o Qatar, além da prisão perpétua por espionagem para o grupo islâmico palestino Hamas.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG