Links de Acesso

Editorial da VOA: Guiné-Bissau necessita de diálogo político

  • Editorial VOA

Barack Obama e José Mário Vaz

Barack Obama e José Mário Vaz

Texto reflecte os pontos de vista do Governo dos Estados Unidos.

"O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, demitiu o Governo na sequência de desentendimentos com o primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira.

Estas divergências ameaçam a estabilidade conseguida através das eleições livres e justas de 2014.

Os Estados Unidos acompanham de perto a situação na Guiné-Bissau e apelam aos líderes a procurarem o diálogo e o consenso como forma de resolver esta crise, a bem dos interesses do povo da Guiné-Bissau.

Os Estados Unidos saúdam a reacção serena de todas as partes e exortam as forças de segurança, a sociedade civil e os líderes políticos a continuarem a agir de forma pacífica, de acordo com a constituição e as leis.

Gerir desentendimentos políticos faz parte do jogo democrático, por isso, os Estados Unidos encorajam os líderes a manterem um diálogo construtivo.

Na Conferência Internacional sobre a Guiné-Bissau, em Bruxelas, realizada em Março passado, o Presidente e o Primeiro-ministro apresentaram uma visão para o desenvolvimento político e económico do país, que granjeou o apoio da comunidade internacional.

A esperança para que se registe mais progresso é que os líderes se comprometam rapidamente com os objectivos definidos.

Os Estados Unidos esperam que os líderes da Guiné-Bissau mostrem ao mundo que podem trabalhar em conjunto com a comunidade internacional, de modo a contribuir para o desenvolvimento económico e político do país."

Editorial da VOA, de 17 de Agosto de 2015, que reflecte os pontos de vista do Governo dos Estados Unidos.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG