Links de Acesso

Ébola: Governo da Serra Leoa decreta 3 dias de recolher

  • Redacção VOA

Freetown parecia hoje uma "cidade fantasma"

Freetown parecia hoje uma "cidade fantasma"

Dezenas de milhares de agentes sanitários estão a deslocar-se de porta em porta informando os residentes acerca dos modos de evitarem ser contaminados pelo Ébola

Na Serra Leoa, as ruas da capital, Freetown, encontravam-se hoje praticamente desertas no momento em que o país inicia o segundo de três dias de recolher para tentar detectar casos de Ébola e impedir o alastramento da epidemia.

Dezenas de milhares de agentes sanitários estão a deslocar-se de porta em porta informando os residentes acerca dos modos de evitarem ser contaminados pelo Ébola e pedindo às pessoas supostamente infectadas que se dirijam a centros de tratamento.

O presidente serra-leonês, Ernest Bai Koroma, apelou a todos os seus concidadãos para que permaneçam em casa por 3 dias declarando num discurso transmitido pela televisão que “tempos extraordinários requerem medidas extraordinárias”.

As Nações Unidas instalaram entretanto no Gana a sede da Missão das Nações Unidas para a Resposta à Emergência do Ébola, UNMEER.

Segundo o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, a UNMEER proporcionará a estrutura operacional para tratar os infectados, garantir os serviços essenciais, preservar a estabilidade e impedir o alastramento da epidemia para outros países.

A epidemia de Ébola já matou desde o principio do ano mais de 2 mil e 600 pessoas através da África Ocidental incluindo mais de 560 pessoas só na Serra Leoa.

XS
SM
MD
LG