Links de Acesso

Ébola: Teste positivo em mulher morta na Serra Leoa revela sinais de retrocesso


Funcionários de saúde durante o pico da Ébola na África ocidental

Funcionários de saúde durante o pico da Ébola na África ocidental

O corpo de uma mulher que morreu na Serra Leoa teve teste positivo de vírus da ébola, menos de uma semana depois o país ter celebrado a alta da última pessoa portadora da doença, revelaram profissionais da saúde à Reuters.

A nova morte, se confirmada, é um revés na tentativa de por fim à epidemia na região, que em um ano e meio infectou 28 mil pessoas.

A mulher, morta no sábado, tinha 67 anos e morava no distrito de Kambia, na junto à fronteira da Serra Leoa e Guiné.

O médico-geral da Serra Leoa, Brima Kargbo, disse à Reuters que duas amostras testadas no distrito de Kambia deram positivo. No entanto, novos testes estavam em curso, em Makeni, a principal cidade da província do norte, e em Freetown, a capital.

XS
SM
MD
LG