Links de Acesso

Desminagem continua em Malanje

  • Isaías Soares

A empresa de desminagem Ajuda Popular da Noruega (APN) limpou 8 milhões de quilómetros quadros desde a sua implantação em Malanje, confirmou na terça-feira, 4, a directora de projecto.

Vanja Sirika, que acompanhou a visita do embaixador do Japão em Angola, Kuniako Ito, aos campos livres de mina do bairro Carreira de Tiro e do sector do Quissol, afirmou que as áreas livres foram entregues às populações para o assentamento, construção de infra-estruturas sociais e agricultura.

“A APN tem uma longa presença na província de Malanje e todo o trabalho realizado até ao momento pode quantificar em cerca de cerca de 8 milhões de metros quadros trabalhados e foi realizado em diversos municípios, e em diversas áreas espalhadas pela nossa província”, explicou.

Kuniaki Ito, embaixador do Japão em Angola,

Kuniaki Ito, embaixador do Japão em Angola,

O embaixador nipónico, Kuniako Ito, confirmou a financiamento em 20 milhões de dólares americanos para o financiamento dos programas de desminagem em Angola.

“Com esta visita conseguimos entender que o dinheiro que o Governo japonês está sendo utilizado para o bem da comunidade daqui”, disse.

Por sua vez, o vice-governador de Malanje para o sector político e social, Manuel Campo reiterou que a “Ajuda Popular da Noruega é um parceiro privilegiado do Governo, principalmente neste ramo da desminagem humanitária” e pediu aos doadores que continuem a apoiar o país “porque o trabalho desenvolvido tem entregue terras para que as comunidades consigam cultivar e exercer outras actividades”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG