Links de Acesso

Dos Santos deve demitir-se - UNITA

  • Redacção VOA
  • Manuel José

Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos

Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos

No aniversário da independência UNITA diz que presidente "transformou o estado numa oligarquia corruptora"

A UNITA disse que o Presidente Eduardo dos Santos perdeu a legitimidade para governar o pais e pediu que renuncie ao cargo.

Numa declaração após uma reunião da sua Comissão Polícia o maior partido da oposição angolana acusou o presidente Eduardo dos Santos de “violar impunemente os direitos dos cidadãos” de “sequestrar os tribunais e a comunicação social” e ainda defraudar os processos eleitorais.

Dos Santos, disse a UNITA, “ transformou o estado numa oligarquia corruptora que desvia os recursos públicos para acumular fortunas ilícitas no país e noestrangeiro, à custa do sofrimento da vasta maioria do povo angolano”.

Para a UNITA “já não existem condições políticas nem legitimidade moral para o presidente José Eduardo dos Santos continuar a governar Angola”.

“A comissão política da UNITA decidiu convidar o cidadão José Eduardo dos santos a renunciar com dignidade e civilidade republicana ao mandato que outorga,” disse o comunicado emitido um dia antes do aniversário da independência do país.

Políticos das principais forcas partidárias do país mostram-se divididos quanto aos reais ganhos da independência nacional, trinta e oito anos depois.




De um lado o MPLA, partido quer governa Angola desde 1975 continua a afirmar que a independência devolveu a dignidade aos angolanos.

"A independência do nosso país trouxe a identidade e dignidade aos angolanos," disse Virgílio de Fontes Pereira presidente do grupo parlamentar do MPLA.

Já Raúl danda chefe da b«ancada parlamentar da UNITA a UNITA o segundo maior partido do país pede ao MPLA, para que não veja Angola como se de uma lavra se tratasse “ em que eles são os únicos proprietários que devem usufruir disso"

Na mesma linha de pensamento está o secretário-geral da CASA-CE Leonel Gomes.

"É só ver a TPA para ver que a independência nacional tem dono, pertence ao MPLA e a mais ninguém, tudo o resto estão arredados at'e aquilo que devia servir de orgulho para todos angolanos 'e acaparado por um partido político,"
XS
SM
MD
LG