Links de Acesso

Dois dirigentes da Renamo assassinados em Nampula

  • Redacção VOA

 Nampula

Nampula

Dois membros da Renamo foram assassinados por indivíduos desconhecidos e ainda a monte na terça-feira, 18, no distrito de Ribàué, na província moçambicana de Nampula.

A informação é avançada nesta quarta-feira, 19, pela Agência de Informação de Moçambique (AIM) que diz tratarem-se de Flor Armando, delegado político distrital e membro da Assembleia Provincial, e outro identificado apenas por Zeca.

Duas testemunhas citadas pela AIM, Adelino Agostinho e Juldina Alberto, ambos da Renamo, disseram que foram disparados 17 tiros no local, tendo os autores do crime fugido numa viatura vermelha no sentido Lapala à vila de Ribáuè.

O crime aconteceu quando aqueles militantes da Renamo regressavam da cerimónia que assinalou a morte do primeiro presidente do partido André Matsangaissa, a 17 Outubro de 1979.

O médico chefe distrital de Ribàué, Clever Tachiua, confirmou a morte das duas vítimas por disparo de armas.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG