Links de Acesso

Dirigente critica liderança e abandona CASA-CE


Abel Chivukuvuku, presidente da CASA-CE, em campanha em Saurimo (CASA-CE)

Abel Chivukuvuku, presidente da CASA-CE, em campanha em Saurimo (CASA-CE)

O político António Francisco Hebo anunciou a demissão do cargo de secretário executivo provincial da CASA-CE em Luanda e abandono da coligação liderada por Abel Chivukuvuku.

Acompanhado de mais dois dirigentes da mesma formação política, um deles responsável nacional para a mobilização, na Casa da Juventude, em Viana, António Francisco Hebo acusou Abel Chivukuvuku de comportamentos nocivos à democracia interna na CASA-CE.

“O presidente está ultimamente a ter atitudes que contrariam os propósitos da criação da CASA-CE. Ele está a combater a democracia no seio do partido, afastando quadros por pensarem de maneira divergente”, disse o político, que há sensivelmente 12 meses assumiu o cargo como prémio pelo bom desempenho na província do Kwanza Norte.

Para António Hebo, hoje na CASA-CE têm direitos apenas os membros dos quatro partidos que dão corpo à coligação, todos os chamados independentes sem qualquer cunho jurídico que lhes obriga a preservar alguns direitos "são abandalhados".
XS
SM
MD
LG