Links de Acesso

Dilma tem rejeição histórica e será alvo de megaprotestos


Cartazes contra a Presidente Dilma

Cartazes contra a Presidente Dilma

Última pesquisa revela que 71 por cento dos brasileiros condiram mau ou péssimo o Governo.

Patrick Vaz

Os brasileiros que se opõem ao Governo de Dilma Roussef preparam-se nesta semana para uma grande manifestação nas capitais do país agendada para o próximo domingo, dia 16. O movimento já conta com milhares de adeptos nas redes sociais e quer transparecer nas ruas toda a insatisfação contra o Executivo do PT.

A popularidade da presidente Dilma atingiu o pior índice de aceitação dos eleitores na última quinta-feira, 6.

Segundo a pesquisa Datafolha, realizada pelo Jornal Folha de São Paulo, a avaliação do Governo como mau ou péssimo avançou para 71 por cento.

Essa rejeição é a maior já registrada para um presidente brasileiro, conforme o Instituto Datafolha.

O ex-presidente Fernando Collor de Mello, actual senador do Estado de Alagoas, tinha 68 por cento de reprovação às vésperas do processo de impeachment que o levou a renunciar ao cargo, em 1992.

Com a popularidade cada vez mais baixa, pela primeira vez neste ano, Dilma Roussef respondeu às críticas num tempo de antena do Partido dos Trabalhadores ao dizer que sabe suportar “pressões e injustiças”.

Ela reiterou que o Brasil está em "ano de travessia" e que vai voltar a crescer economicamente com "todo potencial".

Há reacções contra o Executivo do PT em todo o país.

“Muitas inverdades, muitas mentiras. Esperávamos uma coisa e não estamos recebendo isso”, disse o estudante Rafael Bastos.

“Quando escutei o panelaço (contra a Presidente) já sabia do que se tratava. Não estava acompanhando pela TV e a liguei rapidamente. Tinha certeza que era uma manifestação contra o Governo”, acrescentou o também estudante Denis Miranda.

O presidente nacional do PSDB e Senador de Minas Gerais, Aécio Neves, fez duras críticas ao Programa Nacional do PT.

Ele disse que Dilma Roussef perdeu a oportunidade de abordar com a população a Operação Lava Jato, que investiga corrupção na Petrobras, e ainda ressaltou que o Programa brinca com os brasileiros.

“Perde mais uma extraordinária oportunidade de falar a verdade. O programa do PT brinca com inteligência dos brasileiros. O programa de 10 minutos do PT não foi capaz seja pela voz do seu presidente nacional, seja pela voz do ex-Presidente da República ou da própria presidente de dizer uma palavra sequer em relação ao que vem acontecendo no país na Operação Lava Jato. É inacreditável o PT achar que com o marketing, com as trucagens de um programa eleitoral continuarão a enganar os brasileiros”, concluiu o candidato presidencial derrotado em Outubro de 2014..

XS
SM
MD
LG