Links de Acesso

Dilma e Aécio apelam à união dos brasileiros

  • VOA Português

Aécio Neves e Dilma Roussef

Aécio Neves e Dilma Roussef

Presidente reeleita garante querer unir os brasileiros e dialogar com todos.

No seu primeiro discurso como presidente reeleita do Brasil, Dilma Rousseff (PT) afirmou que a sua vitória nas urnas não dividiu o país. "Conclamo ao povo, sem exceção, para nos unirmos a favor do nosso país, da nossa pátria e do nosso povo. Não acredito, do fundo do meu coração, que essas eleições tenham dividido o país", disse.

A presidente reeleita falou à militância do seu partido num hotel de Brasília, ao lado de, entre outros, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do seu vice-presidente Michel Temer (PMDB).

O agradecimento ao ex-presidente marcou o início do discurso de Dilma. "Começo saudando o presidente Lula", disse a presidente reeleita do PT. Ao fazer referências à campanha, Dilma disse ter "esperanças de que a energia mobilizadora tenha preparado pontes".

"Com a força desse sentimento mobilizador, é possível encontrar pontos em comum, e criar uma base de entendimento", continuous a presidente dizendo estar “aberta ao diálogo" e saber que "uma reeleição é um voto de esperança na melhoria de um Governo".

A pequena margem de votos que garantiu a sua vitória também destaque no seu discurso: "Algumas vezes na história, resultados mais apertados produziram mudanças mais rápidas que vitórias amplas, e é essa a minha certeza do que vai acontecer no Brasil a partir de agora”.

Dilma Roussef disse reconhecer que a palavra mais dita, mais falada, mais dominante, foi mudança: “O tema, foi reforma. Sei que estou sendo reconduzida à Presidência para fazer as grandes mudanças que a sociedade brasileira exige”.

A presidente reeleita garantiu que entre as reformas, a primeira e mais importante é a reforma política.

Aécio Neves felicita Dilma e mais de 50 milhões de brasileiros

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves falou a partir de um hotel em São Paulo visivelmente emocionado e considerou que a prioridade da presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) deve ser unir o Brasil.

O tucano agradeceu os votos de mais de 50 milhões de brasileiros e disse que sai desta eleição “mais vivo e sonhador”. Revelou ainda ter telefonado a Dilma Roussef para cumprimentá-la pela vitória.

“Ressaltei à presidente que a maior de suas prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projecto honrado e que dignifique a todos os brasileiros. Mais vivo do que nunca, mais sonhador do que nunca deixo essa campanha com sentimento de que cumprimos nosso papel”, afirmou o o tucano, que complementou: “Cumpri minha missão e guardei a fé”.

Ainda no seu discurso, Aécio agradeceu todos os companheiros do partido pela figura do seu vice, Aloysio Nunes.

A posse de Dilma Roussef para o segundo mandato a 1 de Janeiro de 2015.

XS
SM
MD
LG