Links de Acesso

Dia Internacional da Paz: Ban Ki-moon pede cessar-fogo global

  • Redacção VOA

 Ban Ki-moon, Secretário Geral das Nações Unidas

Ban Ki-moon, Secretário Geral das Nações Unidas

O mundo assinala hoje, 21 de Setembro, o Dia Internacional da Paz. Ocasião que o Secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, usa para apelar a um cessar-fogo global.

“Apelo a todas as partes em conflito para que baixem as armas e respeitem um cessar-fogo global,” lê-se na sua mensagem, por ocasião da data que “ocorre num momento de violência mortífera e conflitos desestabilizadores em todo o mundo.”

O chefe da ONU diz que “em vez de sucumbirmos ao desespero, devemos exercer a responsabilidade colectiva para exigir o fim da brutalidade e da impunidade que prevalece.”

E reitera que “é preciso acabar com os assassinatos e a destruição, e criar espaço para a paz duradoura”.

O sonho de alcançar a paz, segundo Ban, “é algo que todas pessoas espalhadas pelo mundo desejam.”

Na mensagem é destacada a importância da participação nesse processo dos jovens. “Peço a todos os governos para que invistam mais na realização do potencial dos jovens que são os construtores da paz do mundo.”

Tal como diz o lema da celebração deste ano - "Parcerias para a Paz - dignidade para todos" – Ban apela às organizações não-governamentais, grupos religiosos e sector privado para investirem no desenvolvimento social, protecção do ambiente e “na criação de um mundo mais justo, estável e pacífico.”

Ban sublinha que no ano em que a ONU celebra 70 anos, “vamos aproveitar a oportunidade para alcançar o objectivo fundamental da organização: Salvar as gerações vindouras do flagelo da guerra.”

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG