Links de Acesso

Benguela: Seis manifestantes espancados, um em estado grave

  • João Marcos

Agente da policia anti-motim em Benguela

Agente da policia anti-motim em Benguela

Seis jovens foram presos e espancados pela polícia quando manifestavam contra a nomeação de Isabel dos Santos para a Sonangol.

A presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Isabel dos Santos, visitou a província de Benguela nesta segunda-feira, 28, 48 horas após uma manifestação contra a sua nomeação, marcada por detenções e espancamentos.

Jovens do Movimento Revolucionário dizem que a Polícia carregou forte sobre os manifestantes, utilizando cães e gás lacrimogéneo, dificultando a marcha contra o que chamam de nepotismo.

Pelo menos há seis feridos, um deles em estado grave.

Os activistas, segundo o relato de António Pongote, uma das vítimas, foram espancados antes de terem sido levados para uma esquadra policial, de onde saíram cinco horas depois.

“Chegámos a realizar a manifestação, foram quatro horas, apesar de a Polícia ter tentado impedir. Um jovem foi espancado e chegou a sangrar e a desmaiar. Eu, que acabo de acordar, estou com o braço inflamado’’, relata Pongote que lamenta o uso de cães, porretes e gás lacrimogéneo contra os activistas.

A VOA procurou contactar o director para a Ordem Pública do Comando da Polícia, Carlos Mota, que liderou a operação, mas sem sucesso.

XS
SM
MD
LG