Links de Acesso

Desconhecidos invadem casa de representante da Unita em Cabinda

  • VOA Português

A polícia ainda não identificou os invasores que vasculharam documentos, mas não roubaram nada.

Desconhecidos invadem, em pleno dia, a casa do representante da Unita em Cabinda.

Estevão Neto Pedro disse que a acção é parte da perseguição política de que o seu partido é vítima no enclave.

Em conversa com a VOA a partir de Cabinda, a invasão e vandalização da sua residência ocorreu ao princípio da tarde da passada sexta-feira, 28, e foi protagonizada por indivíduos que a Investigação Criminal ainda não identificou.

Os intrusos não retiraram nenhum bem da residência, mas reviraram todos os documentos do partido segundo Pedro, que diz temer agora que algo possa acontecer a si e à sua família.

“O que me surpreende é que não roubaram nada, mas vasculharam todos os documentos do partido”, declarou.

A polícia prometeu investigar o incidente mas representante da Unita advertiu que não confia na justiça angolana.

Estevão Neto Pedro revelou que tem sido perseguido pelas autoridades e impedido de realizar qualquer actividade política do seu partido.

O último episódio, segundo ele, ocorreu no dia 22 de Novembro, quando o administrador da comuna de Massabi, Pedro Macosso Binda Vuéta, impediu a realização um acto público da Unita, na aldeia de Tando Zabi.

XS
SM
MD
LG