Links de Acesso

Desconhecido paradeiro de activistas das Lundas presos

  • Redacção VOA

Jota Filipe Malakito

Jota Filipe Malakito

Dirigente diz estar "estupefacto" com o rapto dos seus militantes

Pelo menos oito activistas das Lundas foram detidos pela polícia, disse uma fonte local à Voz da América.

João Pedro, delegado provincial no Saurimo do Manifesto Jurídico Sociológico da Lunda Tchkowe, uma facção dirigida por Jota Filipe Malakito, disse que os activistas foram detidos no passado dia 24 quando estavam reunidos para estudar documentos da organização.

João Pedro disse desconhecer o paradeiro dos activistas.


O Manifesto é uma organização que luta por uma maior autonomia das Lundas.

A organização está dividida em duas facções, uma dirigida por Malakito e uma outra por José Mateus Zecamutchima.

Malakito disse à Voz da América estar “estupefacto” com o “rapto” dos militantes da sua organização cujas identidades deu a conhecer.


Malakito disse ainda que elementos dos serviços de segurança do Governo têm estado a vigiar a residência de João Pedro.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG