Links de Acesso

Deputado da Casa-CE acusa INABE de usar bolsas de estudos para fins políticos

  • Coque Mukuta

Universidade Agostinho Neto, Angola

Universidade Agostinho Neto, Angola

Instituto acusado de receber dinheiro por vaga.

O deputado da Casa-CE Alexandre Sebastião André acusou o Instituto Nacional de Bolsas de Estudos de Angola(INABE) de receber dinheiro para que os candidatos tenham acesso a uma vaga. Segundo aquele parlamentar, muitas vezes os candidatos são obrigados a usarem do tráfico de influência para obterem vagas.

Vários cidadãos têm reclamado da actuação do Instituto Nacional de Bolsas de Estudo de Angola(INABE).

Agora é o deputado da Casa-CE Alexandre Sebastião André a dizer que o tráfico de influência e a corrupção são as formas utilizadas para obtenção de uma bolsa de estudo no Instituto Nacional de Bolsas de Estudo de Angola.

“Os jovens que recorrem não conseguem encontrar grande acolhimento, porque o instituto sofre de pressão e pouca gente consegue aceder as bolsas se não pertencerem ao regime”, denuncia André.

O parlamentar da Casa-CE, que condenou essas práticas, acrescenta ainda que o INABE sofre fortes influências de entidades governativas, impossibilitando que filhos de dirigentes da oposição tenham acesso a bolsa.

“O INABE sofre fortes influências e eu como deputado da oposição não consigo influenciar, o tráfico de influência e desvios são os que marcam este país”, continuou o político que denunciou os discursos oficiais dos governantes angolanos que contrastam com a realidade vivida no país.

Sebastião André, deputado da CASA-CE e presidente do Partido Patriota de Angola(PADD) falava à margem da reunião que marcou para a segunda quinzena de Janeiro a realização do seu congresso ordinário.

Apesar dos esforços desenvolvidos pela VOA, o director do INABE mantém-se no silêncio e não rebate as acusações feitas contra o Instituto Nacional de Bolsas de Estudo de Angola.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG