Links de Acesso

Moçambique: Crise força encerramento de três empresas mineiras em Nampula

  • Adina Sualehe

Pedras preciosas, Nampula

Pedras preciosas, Nampula

Centenas de pessoas poderão perder emprego.

Na província moçambicana de Nampula, três empresas de extracção mineira encerraram, devido à crise económica, que o país enfrenta e a redução de preços dos mineiros no mercado internacional.

Outra empresa vai em Setembro deste ano interromper parcialmente as suas actividades.

As mineradoras dizem que os custos de produção tornaram-se altos, e as vendas não compensam.

Uma das mineradoras que fechou é Damodar, de capitais indianos que explora as minas de ferro no distrito de Lalaua. As outras duas são a Pragosa e pedreira Quintos mineração.

Olavo Daniasse, director provincial dos recursos minerais e energia de Nampula, diz que, além das mineradoras que já encerraram, há outras que estão a trabalhar com dificuldades, como é o caso da chinesa Hayiu Mining Company, que está com problemas de rentabilidade, mas ainda não anunciou o despedimento de trabalhadores.

Ainda não foram divulgados dados sobre o total de pessoas que foram ao desemprego em resultado do encerramento destas empresas.

Mas sabe-se que o encerramento parcial da Mozgems, empresa que lida com pedras preciosas, vai colocar mais de 50 pessoas no desemprego.

Centenas de pessoas trabalham no sector da mineração em Nampula.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG