Links de Acesso

Huíla: Processos-crime polémicos julgados neste trimestre

  • Teodoro Albano

Lubango - Huíla

Lubango - Huíla

Veredicto do caso da tentativa de venda de um jardim público pode ser conhecido nas próximas semanas.

Entre os polémicos figura o caso da venda falhada de um jardim
público cuja sentença inicialmente marcada para 20 de Dezembro de 2011
foi adiada para Janeiro corrente. Rui Moçambique antigo responsável
pela área técnica na administração municipal do Lubango é o principal
arguido do processo.

Os crimes de peculato na Comissão Provincial Eleitoral e na Sociedade
de Desenvolvimento da Matala, SODMAT, empresa de direito público e
privado que explora o extenso perímetro irrigado da Matala, poderão
ficar esclarecidos em 2012.

Alguns destes processos já foram acusados pelo Ministério Público.

No caso da SODMAT, de onde terão sido descaminhados vários milhares
de dólares, o procurador provincial da república na Huíla, Justo
Bartolomeu, espera que no final do primeiro trimestre de 2012 seja
formalizada a acusação.

“Tem também já os passos notáveis e esperamos que até fim do 1º
trimestre de 2012 também seja introduzido ao fórum judicial” explica o procurador.

O procurador provincial da república na Huíla, disse que a abertura do
ano judicial em Março próximo, terminada as licenças disciplinares,
poderá dar lugar a muitas decisões.

XS
SM
MD
LG