Links de Acesso

Criminalidade aumenta em Malanje

  • Isaías Soares

Comandante provincial da polícia António José Bernardo

Comandante provincial da polícia António José Bernardo

Nos primeiros três meses do ano, a criminalidade aumentou 20 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior

A criminalidade aumentou em Malanje em cerca de 20 por cento nos primeiros três meses de 2015 em comparação com o último trimestre do ano anterior. A informação foi avançada pelo delegado do Ministério do Interior e comandante provincial da Polícia Nacional comissário António José Bernardo.

Segundo aquele responsável, no período registaram-se 656 crimes de natureza diversa, dos quais 543 esclarecidos.

“Malanje conheceu neste trimestre 358 crimes contra as pessoas, 243 crimes contra a propriedade, 25 crimes contra a ordem e tranquilidade públicas e 30 crimes de natureza económica”, disse o comandante, acrescentando que “no último trimestre do ano passado ao primeiro deste ano registamos um aumento de mais 315 crimes que no período anterior”

O Comando Provincial da Polícia N\acional deteve no referido período 473 indivíduos pela prática de tais actos, numa província com uma média diária de três a sete crimes.

Pelo menos 15 homicídios voluntários e igual número de frustrados foram notificados na província de Malanje, onde foi apontado o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e de substâncias psicotrópicas, apetência ao lucro fácil, crença ao feiticismo e a desintegração familiar como principais causas.

No encontro com os responsáveis dos órgãos que garantem a segurança pública na região, o governador Norberto Fernandes dos Santos mostrou-se preocupado, principalemente com o vandalismo.

“Parece haver uma vandalização direccionada para aquilo que o Governo está a fazer para o bem das populações”, concluiu.

XS
SM
MD
LG