Links de Acesso

Crime alarma Lubango

  • Teodoro Albano

 Lubango

Lubango

Bairros da cidade abalados por assassinatos

O crime violento voltou a ensombrar por estes dias alguns bairros periféricos da cidade do Lubango.




O abate a tiro de dois jovens encontrados mortos no último fim-de-semana no bairro Comandante Cowboy vulgarmente conhecido por Calumbiro chocou a sociedade e trouxe o sentimento de insegurança entre os moradores.

Alexandre da Costa “ Resolve” de 21 anos de idade e Gomicindo Alfredo “Vovô” de 20, não resistiram aos disparos de homens desconhecidos entre as 19 e as 20 horas de sábado último.

Henriques Tito surpreendido pelo assassinato do inquilino estranhou as amizades de “Resolve” que já teria antecedentes criminais.

“ O que me admirava muito eram as amizades dele que vinham aí. São os amigos como esse tal Vovô e outros amigos dele o Panda que vêm sempre aqui e porque da vez também que vinham lhe prender foi devido a esse amigo dele Panda que tiveram me dito que fugiu da esquadra,” disse

Os dois homicídios aumentaram o clima de insegurança e medo entre os moradores do Comandante Cowboy. Conta a dona Isabel que manter-se em casa depois das 18 horas é a melhorar forma de buscar segurança, por isso, apela a mais atenção da polícia de ordem pública.

“ Às 19h, 18horas já não pode andar livre porque roubam telefones, aos alunos que saem da escola são assaltados tiram os livros, está mal. Aqui tem muitos moços estranhos,” disse

A polícia admite que os dois jovens mortos têm antecedentes criminais, mas rejeita associar o fim trágico destes ao seu passado.

O porta-voz da polícia na Huíla, superintendente chefe, Paiva Tomás, garante que o caso está sob investigação, mas que o móbil do crime indicia alguns cenários.
“ Um homicídio a queima-roupa daquela forma tem um certo fio que é preciso perseguirmos,” disse.

O caso já está esclarecido não podemos é divulgar aquilo que ainda constitui procedimentos e depois vamos dizer efectivamente aquilo que ocorreu,” acrescentou
O porta-voz do comando policial da Huíla reconheceu que o bairro Comandante Cowboy, está entre os que mais cuidados inspiram em termos de insegurança. A desestruturação do bairro com as construções anárquicas dificulta a acção da polícia.

Apesar de tudo, Paiva Tomás, tranquiliza os moradores, mas alerta a população na denúncia dos criminosos.

“ O mais importante é que a polícia vai levar a cabo o seu trabalho para que reduza aquilo que é o sentimento de insegurança por parte dos populares. Também queria dizer que a população que lá reside conhece bem que são os meliantes, é aí que é necessário a colaboração dos populares e não a lamentação,” disse
XS
SM
MD
LG