Links de Acesso

Crianças guineenses salvas da mendicidade e prostituição

  • Lassana Casamá

Todos os anos mais de 2.000 crianças são tiradas à força às suas famílias pelas escolas corânicas.

As autoridades da Guiné-Bissau recuperaram seis dezenas de crianças que estavam a ser transportadas ilegalmente para a vizinha Gâmbia.

A operação decorreu em Buba, no sul do país, a cerca de 200 Km de Bissau.


A Guiné-Bissau é um dos países referenciados recentemente por tráfico de pessoas num relatório do Departamento de Estado dos Estados Unidos.

Crianças levadas para escolas corânicas são usadas em trabalhos forçados e na prostituição.

O relatório cita dados da UNICEF para dizer que todos os anos mais de 2.000 crianças são tiradas à força às suas famílias pelas escolas corânicas.

Essas crianças são maltratadas e obrigadas a pedir nas ruas para os seus professores no Senegal, no Mali e na Guiné Equatorial.

Um estudo feito há dois anos indica que só em Dacar há 2.500 crianças guineenses a pedir nas ruas.
XS
SM
MD
LG