Links de Acesso

Crianças de Namibe querem mais dinheiro para merenda e fim de maus-tratos

  • Armando Chicoca

Crianças sem tratamento em Angola podem ir para a Alemanha

Crianças sem tratamento em Angola podem ir para a Alemanha

Crianças sofrem maus-tratos e abusos pelos seus próprios progenitores e encarregados de educação.

Na sua mensagem por ocasião ao dia dedicado à criança, em acto antecipado e presidido pela vice-governadora do Namibe Maria dos Anjos Mahove, no passado sábado, no Município da Bibala, as crianças manifestaram a necessidade de o Governo central alocar mais dinheiro na merenda escolar, visando ajudar os petizes em situação carente nas escolas do interior da província, a manter-se nas escolas e permitindo deste modo o aproveitamento no ano lectivo.

O Administrador do Município da Bibala Luís de Boavida Savazuka mobilizou a sociedade civil que colocou à disposição dos petizes mais de 100 bolos e mais de 500 brinquedos, mas as crianças responderam que não foam àquele local bater palmas ou simplesmente comer.

Solidarizaram-se com aquelas crianças ainda submetidas aos maus-tratos e abusos pelos seus próprios progenitores, encarregados de educação e apelaram ao fim de todos actos que atentam contra a honra e o futuro da criança.

A vice-governadora do Namibe Maria dos Anjos Mahove também não se coibiu com a tempestade que assola as crianças em algumas famílias.

A governante lamentou o facto de a província continuar a registar casos de país que negam dar de comer a seus filhos e que protagonizam outros actos de maus-tratos.

Mahove apelou mudanças de comportamento nas famílias no sentido de se garantir um futuro promissor as crianças que na sua opinião muito merecem.
XS
SM
MD
LG