Links de Acesso

Correia do Sul: Oposição recusa a renúncia da Presidente Park e insiste na impugnação


Presidente Park Geun-hye

Presidente Park Geun-hye

Partidos de oposição da Coreia do Sul prometeram, hoje, que irão levar adiante a tentativa de afastar a presidente sul-coreana, Park Geun-hye, por meio de um processo de impugnação, rejeitando a sua oferta de renúncia.

A Presidente Park está envolvida num escândalo de tráfico de influência e angariação indevida de fundos.

Na terça-feira, 29, ela pediu ao Parlamento que decida como e quando ela deveria sair, o que os membros da oposição consideraram uma manobra para ganhar tempo e evitar a impugnação.

Segundo reporta a Reuters, os líderes dos três partidos de oposição, que juntos detêm 165 das 300 cadeiras do Parlamento unicameral e podem apresentar uma moção de impedimento, disseram que não irão negociar com Park sobre a sua proposta de renúncia.

"O único caminho que sobrou é a impugnação conforme a Constituição", disse o líder do Partido Democrático, Choo Mi-ae, numa reunião com os líderes dos dois outros partidos oposicionistas.

A moção para tal será submetida a votação na sexta-feira.

Park é acusada pelos procuradores de ter-se aliado a uma amiga, Choi Soon-sil, e permitido que ela exercesse uma influência indevida em assuntos de governo e na arrecadação de duas fundações criadas para apoiar iniciativas da mandatária.

XS
SM
MD
LG