Links de Acesso

Coreia do Norte: Pastor canadiano condenado à prisão perpétua por “crimes contra o Estado”


Hyeon Soo Lim acompanhado por dois polícias

A Coreia do Norte condenou um pastor canadiano à prisão perpétua e trabalhos forçados, por ter cometido “crimes contra o Estado”.

Hyeon Soo Lim foi detido no início deste ano quando, segundo a sua igreja, fazia trabalho humanitário numa casa de repouso e orfanato, que ele tinha criado na Coreia do Norte.

Lim, de 60 anos e nascido na Coreia do Sul, é o principal pastor da “Light Korean Presbyterian”, em Toronto, Canadá.

Em Julho, Lim confessou os crimes contra o Estado na televisão da Coreia do Norte.

Outros estrangeiros condenados na Coreia do Norte têm reportado que são forçados a fazer tais declarações

XS
SM
MD
LG