Links de Acesso

Coreia do Norte ameaça atacar os Estados Unidos com arma nuclear

  • Redacção VOA

Complexo de Yongbyon (foto de arquivo)

Complexo de Yongbyon (foto de arquivo)

A Coreia do Norte disse hoje que reiniciou as “operações normais” no seu principal complexo nuclear de Yongbyon e avisou que está pronta a usar armas nucleares contra os Estados Unidos da América a “qualquer momento”.

Os comentários publicados pela agência estatal de notícias da Coreia (KCNA) surgem numa altura em que Pyongyang também ameaça usar uma banida tecnologia de mísseis balísticos para lançar um satélite meteorológico em órbita.

As ameaças constituem um retorno à retórica beligerante frequentemente usada pela Coreia do Norte num esforço para obter concessões políticas da Coreia do Sul e os Estados Unidos, dois de seus principais inimigos.

"Todas as instalações nucleares em Yongbyon, incluindo a usina de enriquecimento de urânio e o reactor de 5MW foram reorganizadas, alteradas ou reajustadas, e começaram a funcionar normalmente", noticiou a KCNA, citando o director da agência atómica do país.

A declaração marcou o primeiro reconhecimento desde 2013 de que a central, que tem sido a fonte de material físsil usado no programa de armas atómicas do país, está operacional, disseram especialistas.

Yongbyon é o centro que produziu o material usado pela Coreia do Norte em três testes nucleares. O complexo fora encerrado em 2007 na sequência de um acordo com os Estados Unidos, mas algumas secções foram depois reabertas.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG