Links de Acesso

"Comunidade internacional começa a cansar-se com autoridades guineenses", Miguel Trovoada

  • Redacção VOA

Miguel Trovoada, representante especial de Ban Ki-moon para Guiné-Bissau

Miguel Trovoada, representante especial de Ban Ki-moon para Guiné-Bissau

Representante especial do secretário-geral da Guiné-Bissau defende pacto para sair da situação de impasse.

Em Nova Iorque, onde apresentou nesta quarta-feira, 17, o seu relatório como representante do secretário-geral da ONU na Guiné-Bissau, Miguel Trovoada, afirmou que a comunidade internacional começa a ficar cansada com a falta de vontade política dos dirigentes guineenses para resolver a crise no país.

Em declarações à Rádio ONU, Trovoada advertiu também para a inquietação que começa a sentir-se também a nível interno

Ao intervir junto do Conselho de Segurança, o antigo Presidente são-tomense defendeu o estabelecimento de um pacto entre as partes como forma de ultrapassar e impasse actual.

O representante especial do secretário geral das Nações Unidas para a Guiné-Bissau adverte ainda para os problemas que se agravam a cada dia, como o tráfico de drogas e assaltos, nomeadamente em Bissau.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas deve renovar o mandato da missão da organização na Guiné-Bissau por mais um ano, mas Miguel Trovoada deu a entender que, apesar de continuar disponível a ajudar o país, não o deverá fazer enquanto representante especial de Ban Ki-moon por razões pessoais.

XS
SM
MD
LG