Links de Acesso

Aumenta o combate ao comércio ilegal de marfim na Tailândia

  • Redacção VOA

Oficiais tailandeses mostram dentes de elefantes apreendidos

Oficiais tailandeses mostram dentes de elefantes apreendidos

A Tailândia anunciou hoje, 20, a apreensão da maior quantidade de marfim ilegal da sua história. Segundo o Governo, a acção reflecte os esforços do país na luta contra o tráfico ilícito de animais silvestres. A Tailândia tenta demonstrar o seu compromisso com a causa e procurar a suspensão das sanções que foram impostas ao país.

O Governo tailandês exibiu hoje dentes de 739 elefantes africanos retirados de uma embarcação que continha uma carga ilegal de marfim, com um peso total de quatro toneladas, interceptada no sábado num porto perto de Banquecoque.

Richard Thomas, coordenador de comunicações globais da Traffic International, uma rede mundial de acompanhamento da vida selvagem, diz que esta é uma apreensão muito significativa.

“Fazer deslocar uma embarcação contendo quatro toneladas de marfim ilegal pelo mundo não é uma tarefa trivial. Movimentos desse tipo são um indício muito forte de uma rede de crime organizado”, explicou.

Apesar da apreensão na Tailândia ter sido a maior em peso de uma única vez na história do país, ela não é a maior em quantidade da região. Em 2002, Singapura apreendeu uma embarcação com 7,2 toneladas de marfim, e em 2012 as autoridades da Malásia confiscaram 6 toneladas do mesmo produto.

As autoridades tailandesas dizem que os dentes de elefantes, que se encontravam escondidos em sacos de feijão, eram originários da República Democrática do Congo, e tinham como destino Laos. Após a chegada em Laos, o marfim provavelmente iria para os mercados da China.

A Tailândia, a República Democrática do Congo e a Nigéria são três dos países que mais sofrem com o comércio ilegal de marfim.

Richard Thomas diz que as autoridades da Tailândia deveriam ser encorajadas a fazerem uma profunda investigação da rede de comércio ilegal.

A Tailândia realiza actualmente esforços mais agressivos para investigar e confiscar cargas de marfim ilegal, na sequência de um aviso da Convenção Internacional Sobre o Comércio de Espécies de Fauna e Flora Selvagem em Extinção, segundo o qual o Governo de Banquecoque pode ser alvo de diversas sanções caso o país não diminua o comércio de marfim no seu território até o mês de Agosto.

Dentes de elefantes domesticados, que são registados na Tailândia, podem ser vendidos legalmente no país. Essa permissa facilita o comércio ilegal de marfim africano, que é legalizado quando passa pelo país.

Ambientalistas afirmam que 20 mil dos 500 mil elefantes africanos existentes ainda no mundo foram mortos em 2013, principalmente por causa da demanda de marfim na Ásia.

A China é o destino de cerca de 70 por cento do mercado de marfim ilegal do mundo. Para muitos chineses da classe média e alta, objectos feitos de marfim são amuletos que trazem sorte ou são um meio de demonstrar o estatuto social.

XS
SM
MD
LG