Links de Acesso

Co-piloto da Germanwings terá se trancado no ‘cockpit’ antes do acidente


Alpes franceses

Alpes franceses

As gravações áudio registadas no avião da Germanwings que se despenhou na Terça-feira, 24, nos Alpes franceses revelam que um dos pilotos saiu do ‘cockpit’ e não conseguiu reentrar, adiantou um militar envolvido na investigação ao jornal New York Times.

Trabalhadores Germanwings acendem velas pelas vítimas

Trabalhadores Germanwings acendem velas pelas vítimas

Segundo a mesma fonte, as gravações do ‘cockpit’ mostram uma conversa “muito tranquila” entre os pilotos durante a parte inicial do voo, que partiu de Barcelona em direcção a Düsseldorf, tendo posteriormente um dos pilotos abandonado o local sem conseguir reentrar.

O Procurador-geral francês, Brice Robin, em Marselha, disse aos media que o co-piloto, alemão de 28 anos, Andreas Lubitz, estava consciente e terá feito o avião cair deliberadamente.

“O homem que ficou do lado de fora bate ligeiramente na porta e não tem resposta. Depois, bate com mais força e continua sem resposta. Nunca há resposta. Pode ouvir-se que ele está a tentar deitar a porta abaixo”, disse o investigador militar. A companhia Lufthansa não confirmou esta versão.

XS
SM
MD
LG