Links de Acesso

África

Co-organizador do TEDx São Tomé desafia são-tomenses a pensarem como combater a inactividade do país

  • Danielle Stescki

Mário Lopes, co-organizador do TEDx São Tomé

Mário Lopes, co-organizador do TEDx São Tomé

Mário Lopes desafia os participantes a pensarem de forma criativa

No próximo Sábado, 25, será realizada na Biblioteca Nacional, em São Tomé, a terceira edição da Conferência Internacional TEDx São Tomé.

Mário Lopes, de 23 anos, é co-organizador do evento, que tem como objectivo “inspirar os participantes a partilhar conceitos, ideias e experiências”. O tema da edição deste ano é: Ponto Sem Retorno: Tudo e Nada.

TEDx São Tomé

TEDx São Tomé

​Lopes explica que a escolha do tema é um desafio aos participantes para que pensem de forma criativa.

“Estamos num ponto sem retorno: tudo e nada. Convem que trabalhemos e construamos o tudo", diz Mário Lopes.

Ele acrescenta que existem os recursos naturais e humanos necessários para que São Tomé saia do “nada,” e dê um salto.

Uma maneira de impulsionar essa mudança é participar do TEDx São Tomé. As inscrições terminam amanhã, 20 de Julho, e podem ser feitas pelo site www.tedxsaotome.com

TEDx São Tomé

TEDx São Tomé

Cada palestra tem duração de 17 minutos. Lopes afirma que todos os oradores foram convidados "com o intuito de darem a sua perspectiva e serem, como nós chamamos, exemplos de boas práticas.

"Através desse exemplo, nós queremos incutir nos são-tomenses uma nova filosofia, uma filosofia altruísta de agir e fazer".

Se não conseguir cadastrar-se, não fique preocupado. O evento será transmitido pela internet.

A hashtag oficial do evento é #tedxsaotome.

Palestrantes

Veja quem são os palestrantes da terceira edição:

Ahti Heinla - “Como utilizar a internet para mudar o mundo”

Abílio Bragrança Neto - “A vida como uma garrafa de vinho”

Wildmark Trovoada - “Quanto vale o nosso lixo”

Roselyn Silva – “Como é que uma ideia pode mudar o mundo”

Killa Z – “Transforme as más intenções em boas”

Yanira Tiny – “Do Sonho à Realidade”

Nayda Almeida – “Como é que a justiça pode ser justa para todos”

André Aureliano Aragão

Confira a entrevista na íntegra.

XS
SM
MD
LG