Links de Acesso

Clinton na Europa Central e no Cáucaso

  • Eduardo Ferro

Este sábado, Hillary Clinton desloca-se a Cracóvia, na Polónia, devendo discursar no 10º aniversário da comunidade das democracias

A Secretária de Estado americana, Hillary Clinton, encontra-se na capital ucraniana, Kiev, a primeira etapa de uma deslocação a cinco países da Europa Central e do Cáucaso. Clinton reuniu-se na ocasião com o presidente ucraniano Viktor Yanukovich , eleito no inicio deste ano após uma ausência de seis anos da presidência ucraniana.
Yanokovich é considerado como sendo mais pró-russo do que o seu antecessor Viktor Yushenko, um herói da denominada "Revolução Laranja" que pôs termo, em 2004, ao primeiro mandato presidencial de Yanukovich. Contudo desde a sua tomada de posse em Fevereiro, Yanukovich deu sinais de aproximação ao Ocidente tendo-se deslocado primeiro a Bruxelas, antes de se deslocar a Moscovo na sua primeira viagem oficial ao estrangeiro. Por outro lado, durante a cimeira sobre segurança nuclear de Abril passado em Washington, o leader ucraniano anunciou que o seu país tinha decidido eliminar as suas reservas de 90 quilos de urânio enriquecido suficientes para a fabricação de várias armas nucleares. O secretário de estado assistente para os assuntos europeus, Philip Gordon, afirma que a Ucrânia tem todo o direito de querer manter relações estreitas com a Rússia, mas salientou que os Estados Unidos estão encorajados com o desejo manifestado por Yanukovich de ter também um bom relacionamento com a Europa e os Estados Unidos. Gordon afirmou esperar que a melhoria das relações entre Washington e Moscovo , realçada pelo presidente russo durante a sua visita à capital americana na semana passada, dará aos países da Europa central o espaço necessário para seguirem um rumo independente.
Disse Gordon:“Queremos deixar para trás a ideia de que a diplomacia e segurança europeias são uma dicotomia e que os países da Europa Central devem escolher se querem ser pró-americanos ou pró-russos.”
Durante a sua estadia na Ucrânia Secretária de Estado americana reunir-seá ainda com a líder da oposição e antiga primeira-ministra Yulia Timoshenko.
Este sábado, Hillary Clinton desloca-se a Cracóvia, na Polónia, devendo discursar no décimo aniversário da comunidade das democracias, fundada pela antiga Secretária de Estado americana, Madeleine Albright, e pelo ex-chefe da diplomacia polaca, Bronislau Geremek. Clinton vai encontrar-se também com o actual ministro dos Negócios Estrangeiros polaco Radoslav Sikorski.
A Secretária de Estado americana desloca-se ainda ao Azerbaijão, Arménia e Geórgia. Naquele último país, Clinton pretende reafirmar o apoio americano à integridade territorial da Geórgia e à total aplicação do acordo de cessar-fogo que pôs termo a guerra da Geórgia com a Rússia em 2008. Neste seu périplo a chefe da diplomacia americana irá igualmente defender uma solução para as divergências entre a Arménia e o Azerbaijão acerca da região de Nagorno-Karabak e para um novo impulso na aproximação entre a Arménia e a Turquia.

XS
SM
MD
LG