Links de Acesso

Governo proibiu jornalistas de estarem presentes em "cerimónia privada". Raúl Castro diz que não haverá monumentos com o nome de Fidel

As cinzas do antigo presidente de Cuba Fidel Castro foram hoje enterradas na parte leste de Cuba após nove dias de luto nacional.

A cerimónia que ocorreu no cemitério de Santa Ifigénia foi considerada privada à ultima hora o que impediu que jornalistas de diversas partes do mundo estivessem presente.

As cinzas de Fidel Castro chegaram ontem a Santiago de Cuba a cidade onde ele iniciou a revolução cubana em 1953.

O presidente Raul Castro disse ontem que de acordo com os desejos do seu irmão não haverá monumentos ou lugares públicos com o seu nome.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG